Menu

Shadow Tactics: Blades of The Shogun é a aventura stealth que satisfaz


Assassin’s Creed talvez seja o maior título de aventura com stealth da atualidade, mas pessoas que buscam um passatempo mais simples e sem uma trama muito complexa podem ficar satisfeitas com Shadow Tactics: Blades of The Shogun. Diferentemente do que o nome indica, o jogo não pode ser rotulado como tático, apesar de obviamente depender da movimentação no cenário para atingir os oponentes sem deixar rastros ou ser visto. Além do estilo de jogo, nada em Shadow Tactics deve ser comparado com Creed, começando pela câmera, que desempenha papel vital com a visão por cima do cenário todo. Aliás, uma das maiores dificuldades no começo é justamente acostumar-se com o deslocamento manual do ponto de vista, que pode resultar no fracasso da missão.

O jogo é bem divertido e tem como pano de fundo o japão feudal. Durante a campanha é possível controlar até 5 personagens diferentes, cada qual com suas habilidades: Hayato, um ninja ágil, Mugen, o poderoso samurai, Aiko, uma Gueixa habilidosa, Yuki mestre das armadilhas e Takuma, com ataques à distância.

As missões são simples, como chegar do ponto A ao ponto B ou eliminar determinado oponente, mas para isso é preciso usar a inteligência, além de saber a hora certa de empreender cada particularidade do jogo, como esconder-se ou subir no telhado. Se livrar dos corpos dos inimigos mortos também é importante para não chamar a atenção.

Os belos cenários, aliados aos níveis de dificuldade e às inúmeras possibilidades de derrotar cada adversário são os fatores que garantem longevidade ao game.

Shadow Tactics foi lançado em 2016 para PC e chegou aos consoles em 1º de Agosto de 2017.

Confira nossa análise em vídeo:

 

 


Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
RSS

Comentários

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Alteric - Review Express - Gamepress

Inscreva-se!

Últimos Tweets