Menu

Gwent beta vicia mas esquece offline


A versão beta de Gwent foi disponibilizada para o público geral na última semana. Passei algumas horas jogando e me vi em um universo bem imersivo e viciante, levando em conta ser um jogo de cartas. O ambiente é amigável e os tutoriais pegam realmente bem do básico até as noções mais complicadas. Jogadores que já possuem experiência em outros Card games como Magic The Gathering, por exemplo, estarão à vontade. O diferencial aqui é que a estratégia não é simplesmente derrotar o oponente, mas forçá-lo a gastar cartas sem necessidade para se manter vivo a cada round. Não são poucas as vezes em que um oponente online fica sem cartas para a última mão do jogo, principalmente antes de entrar no nível competitivo (a partir do level 10).

 

Sua voz, quanta diferença!

A CD Projekt Red acertou em cheio ao bancar os dubladores de The Witcher 3, jogo de sucesso de onde derivou o Gwent. Ouvir seus personagens favoritos, em português, mostra a dedicação e a vontade de ter um jogo que agrade seu público.

O ponto negativo do jogo é não ter nenhum modo offline. Para logar no jogo é necessário estar online, então nada de testar outras configurações de baralhos enquanto estiver desconectado. Os consoles ficaram sem a opção de jogar contra um amigo, disponível apenas no PC.

Apesar de termos alguns desafios que nos ajude a preparar para os duelos PvP – foco do jogo – são poucos os duelos contra o computador que exigem a habilidade e o raciocínio que será posto à prova contra outros jogadores. Claro que ainda se trata de uma versão Beta, mas me agradaria muito ver cenários de duelos para reverter e duelos que exijam mais do jogador e ofereçam grandes recompensas, talvez até com desafios periódicos.

Vou gastar meu HD com isso?

Sim. E é a única coisa que vai gastar com o Beta. Existe a opção de comprar itens mas nenhum que traga benefício concreto, distante do “pague para ganhar”, receio de muitos gamers.

A sensação de controle da estratégia do jogo é muito satisfatória. O tabuleiro é dividido em 3 partes para cada jogador, referentes a ataque corpo a corpo, longa distância e de cerco. Já as cartas estão categorizadas como Ouro, Prata e Bronze, sendo as primeiras referente aos personagens mais famosos e, por serem douradas, não sofrem danos.

No fim, Gwent é daqueles jogos que quanto mais você entende, mais quer jogar. E com aquele charme especial de “só mais uma partida” que fazem a noite virar manhã.

*Gwent (beta) foi disponibilizado gratuitamente para o público geral e analisado no PS4 e no PC.


Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
RSS

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Primeira meia hora de Lego Marvel Super Heroes 2

Últimos Tweets