Menu

História compensa polêmica em Star Wars: Battlefront 2


A mais nova saga de Star Wars está prestes a estrear nos cinemas, mas é em outro tipo de entretenimento que podemos encontrar, agora mesmo, os queridos personagens da icônica saga de filmes criada por George Lucas. Star Wars: Battlefront 2 foi lançado recentemente e pode ser desfrutado no Ps4, Xbox One e PC.

O jogo mantém toda essência do seu antecessor, lançado em 2015, e acrescenta algumas boas novidades, como um modo arcade cooperativo e um inédito modo campanha que tem ligação direta com a nova trilogia dos cinemas, abrindo espaço até para interessantes teorias sobre os personagens.

Os gráficos, incluindo aí os do multiplayer, estão impecáveis e reproduzem fielmente cenários já bem conhecidos e com detalhes impressionantes! Mas agradar os exigentes fãs de Guerra nas Estrelas exige bastante.

CAMPANHA

Se existiu uma coisa que os jogadores de Star Wars: Battlefront sentiram falta, era um modo campanha offline. Os pedidos foram atendidos e em Battlefront 2 ele está presente!

O jogo conta a história de Idem Versio, comandante do império e agente especial do Esquadrão Inferno. Idem é uma personagem até então desconhecida do público, pois sua história se passa entre os episódios 6 e 7 da franquia de filmes.

Mas apesar da história girar em torno de Idem, em diversos momentos outros personagens já conhecidos do universo Star Wars podem ser controlados pelo jogador, isso sem falar nas naves utilizadas em batalhas espaciais.

A ótima e canônica história é o ponto alto deste jogo e a campanha pode se tornar um ótimo fan-service para os fãs da saga. Por outro lado, quem está se aventurando no escuro, terá um enorme e cansativo tutorial, já que o gameplay deixa a desejar. Toda a ação resume-se em acabar com uma onda de inimigos ou destruir algumas naves no espaço, utilizando os mesmos cenários do Multiplayer.

MULTIPLAYER

A grande cereja do bolo espacial de Star Wars: Battlefront 2 com certeza é seu modo Multiplayer.

São 5 opções diferentes para até 40 jogadores simultâneos, controlando soldados rebeldes, troopers variados e claro, em certos momentos, heróis e vilões das 3 trilogias, como Darth Vader, Ray, Darth Maul, Lando, entre vários outros.

Alguns modos merecem destaque, como o Heróis vs Vilões em que duas equipes de 4 pessoas se enfrentam utilizando os personagens principais da franquia. É nesse modo que eles são melhores explorados já que em outros tipos de partidas é necessário atingir determinada pontuação para ter direito a jogar uma única vida com eles.

Há também o Batalha de Caças Stelares, também com duas equipes, mas desta vez com 12 jogadores cada, que se enfrentam no espaço pilotando Tie Fighters, X-Wings e outras naves icônicas dos filmes.

Mas é em Ataque Galáctico que o pau quebra de verdade em batalhas de 40 jogadores que passeiam por cenários de todos os filmes e conflitos da saga. Nele um time terá que avançar em desafios para chegar a vitória, enquanto o outro lado tenta se proteger da conquista inimiga e, por sua vez, obtém a vitória ao exterminar uma quantidade especifica de adversários. A grandiosidade, gráficos e detalhes desse modo indiscutivelmente impressionam!

Porém, apesar de uma boa jogabilidade, o jogo se tornou cansativo principalmente pela demora em conseguir novas habilidades com as Star Cards.

É aqui que entra a grande polêmica de Star Wars: Battlefront 2 e seu sistema de compras de caixas – as chamadas loot-box – e personagens. Mesmo com algumas mudanças promovidas pela EA, que desligou temporariamente o sistema de vendas do jogo, optar em qual tipo de item prefere investir o pouco dinheiro ganho nas partidas ainda é uma tarefa árdua. Principalmente quando se compra uma caixa e aparece uma carta repetida!

Battlefront 2 é o tipo de jogo que divide opiniões. Se por um lado possui toda a essência de Star Wars, por outro ficou à mercê de acordos comerciais que geraram falhas em vários aspectos que vão desde a publicidade negativa em torno de micro-transações até uma historia ainda incompleta – embora exista a promessa de uma DLC gratuita no fim do ano.

Resta esperar boas atualizações, novas DLCs de personagens, mapas que foram prometidos gratuitamente e, óbvio, que a força esteja com todos!


Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
RSS

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

SOULCALIBUR VI é anunciado para PS4, XB1e PC durante The Game Awards

Últimos Tweets