Menu

Uma releitura ousada: Fear Effect Sedna uma proposta indie para um clássico


Fear Effect Sedna (FES), produzido pelo Sushee e faz parte do programa Square Enix Collective, é um jogo de ação que combina elementos diversos, como tático, puzzles e RPG. Diferentemente do seu lançamento original em 2000 para o PlayStation One, FES é um título indie da franquia. O jogo de 2000 foi lançado pela EIDOS e teve uma continuação: Fear Effect Retro Helix, um prólogo da aventura. A produção de FES se deu graças ao financiamento coletivo do Kickstarter e lançado em 06 de março desse ano, sendo esse o terceiro título da franquia. Convido todos à assistirem os primeiros 40 minutos do jogo no vídeo a seguir:

História

FES conta a história do grupo de mercenários composto por Hana, Rain, Deke e Glas. Onde a missão de recuperar uma peça de museu reúne a antiga equipe e os coloca para enfrentar antigos inimigos e criaturas um tanto quanto bizarras…

Jogabilidade: combinação de elementos

FES traz uma combinação de jogabilidade e posicionamento de câmera (comento mais pra frente) que permite ao jogador pensar na melhor estratégia de eliminar os inimigos e avançar na história. O jogo permite a troca de personagem controlável, o que possibilita uma variedade de combinação de ataques, aliado ao “pause” no momento do confronto de modo a procurar o melhor posicionamento dos personagens para encarar o perigo.

O medidor de medo permite causar mais dano, porém enfraquece a resistência do personagem. É um elemento “à mais” para ficar de olho enquanto enfrenta os inimigos. Para baixar seu nível de medo, é possível utilizar os medpacks espalhados pelo jogo, podendo armazenar até 5 de uma só vez, mas use com parcimônia!

Visual estilizado! 

O visual de FES é bonito, os gráficos apesar de não focarem em realismo, possuem traços artísticos que lembram as HQ’s e que tornam a experiência interessante junto ao seu novo sistema de câmera em uma perspectiva isométrica. Originalmente, o posicionamento de câmera lembrava muito o clássico Resident Evil, vale lembrar que para os fãs de longa data do jogo esse seja um aspecto que cause estranheza. Porém, não podemos esquecer que é uma nova história que faz uma releitura de diversos aspectos do jogo.

Pouqinho de fan-service não faz mal a ninguém…

Os puzzles do jogo são variados e complicados em um primeiro momento, remetendo ao jogo original, para resolvê-los é necessário ficar de olho nos cenários onde estão algumas pistas que auxiliam na resolução (anote as pistas, auxilia a experiência!). Além disso, alguns dos puzzles são casos de vida ou morte, falhe miseravelmente ao resolver um enigma para assistir uma animação de morte do personagem! O ponto alto jogo, as animações são bem-feitas e as ideias para dar fim à vida dos personagens também devem ser aplaudidas, é violência por todo lado!

“Inteligência” Artificial

Ponto fraco do jogo! Sejam os personagens que não estão em nosso controle ou os inimigos espalhados pelo cenário, é bastante caótico como tudo funciona. Em alguns momentos os nossos parceiros saem correndo desesperadamente para cima dos inimigos, estragando qualquer possibilidade de estratégia proposta pelo jogo. Os inimigos por sua vez também apresentam falhas, eles possuem um campo de visão e só tomam alguma atitude caso o jogador seja detectado dentro desse campo, do contrário, pode atirar e correr igual um doido que não tem problemas.

Finalizando

FES entrega uma nova experiência do clássico do PSOne, com novas ideias para mecânicas de jogo e a manutenção de certos elementos, aliados à um orçamento baixo e a produção do jogo feito sem muita exploração midiática. O título apresenta problemas que não interferem no desenrolar da história, porém devem ser mencionados. A produção de FES motivou a Square Enix em permitir que o estúdio trabalhasse em Fear Effect Reinvented, o remaster já está em produção. A ideia por trás de FES é oferecer uma nova experiência para os fãs antigos do jogo, assim como trazer novos jogadores ao mundo de Fear Effect.

Este review foi feito através da versão do Xbox One.

Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
EMAIL

Comentários

comentários

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Free Play Days going on now until 12 August on Xbox One Xbox Live members without Gold ca