Menu

Única coisa que falta são jogadores em Under Night In-Birth EXE: Late[st]


Em uma era em que os jogos são lançados cada vez mais incompletos, com DLCs anunciados antes mesmo do lançamento e patches tão grandes quanto o próprio jogo a French Bread, em conjunto com a Arc System Works, entrega Under Night In-Birth EXE: Late[st], um jogo de luta 2D que se destaca por ser completo. O modo história é muito competente, no formato de visual novel, proporcionando mais de 10 horas de duração. Ao todo são 20 personagens jogáveis, modo arcade, online, tutorial super completo e muito mais. Não se deixe enganar pelo nome bizarro e quase impronunciável do jogo, pois estará perdendo um grande jogo de luta.

É muito fácil perceber que a French Bread se preocupou muito com os jogadores que estão conhecendo a franquia quando visitamos o tutorial do game. Lá está à disposição um modo de introdução dos mais completos que se pode ter em jogos de luta. Ele explica desde a parte mais básica possível no visual do game, como o posicionamento da barra de energia, condições de vitória e derrota, até as mecânicas mais avançadas, que abrangem combos e barras que possibilitam golpes especiais de cair o queixo, dada a beleza da execução até o nível de dificuldade exigido.

A mecânica do gameplay é bem receptiva aos novatos também mas escondem um avançado e profundo sistema de batalha. Apesar de complexos, são aprendidos com naturalidade, na medida em que o jogador se sente confortável com o jogador escolhido e a jogabilidade do mesmo. Os ataques são divididos somente em fraco, médio e forte, mas algumas combinações são possíveis e podem ser devastadoras.

Carrega a barra

Em Under Night, a inovação fica por conta da barra de GRD, que privilegia os jogadores mais agressivos. O jogador ganha pontos por tomar a iniciativa do combate, acertando combos e golpes constantes no adversário e, da mesma maneira, penaliza o jogador que fica sempre na defesa ou no canto da tela – estilo Ryu soltando poder infinitamente. Quanto mais desenvolvida a barra GRD, maior a vantagem no poder dos ataques, causando um dano acima da média.

Como não poderia faltar, também existe a barra de especial que é dividida em dois níveis, um de 100% e o último de 200%. No primeiro nível, é possível aumentar o poder de destruição dos golpes especiais básicos, mas é no segundo nível que tudo fica mais divertido. Aqui entra uma mecânica old-school dos jogos de lutas, que já foi abandonada há algum tempo, mas que encaixou maravilhosamente na jogabilidade de Under Night. Trata-se da junção de barra de especial cheia + barra de vida baixa do personagem. Quando essa combinação acontece é possível desencadear poderosos ataques devastadores, únicos de cada personagem. Se não bastasse o estrago que esses ataques causam, o encantamento fica por conta das belíssimas animações de cada um deles, o que faz com que o jogador queira viver essa experiência com cada um jogador disponível no game.

Os gráficos do jogo são apresentados de maneira bem competente, as animações são um show à parte e dão vida aos golpes e ataques de cada personagem. Toda essa beleza flui muito bem, sem engasgos ou slowdowns, facilitando o timing de cada sequência.

Queremos jogador!

O ponto negativo fica para a comunidade do jogo. O modo online funciona muito bem, com ausência de lag e um gameplay tão fluido quanto no modo multiplayer local, mas é notório que, mesmo no período de lançamento do game, existem poucas salas disponíveis para a jogatina online e, ao menos no período que testamos o jogo, notamos uma ausência total de salas com jogadores brasileiros.

Under Night é um grande jogo que deveria servir de exemplo para as grandes franquias de jogos de luta. Ele entrega tudo o que o que um grande gamer espera: Controles amigáveis, história detalhada, tutorial completo, performance online impecável, muitos modos de jogo, quantidade respeitável de personagens controláveis e visuais bem agradáveis e tudo isso já no dia do seu lançamento, sem a necessidade complementos posteriores. Uma pena a comunidade do game ser tão escassa, levando muitos fãs de jogos de luta deixar passar essa pérola.

Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
EMAIL

Comentários

comentários

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Forgotton Anne Accolade trailer