Menu

Welcome to the Game 2 – Hackeie a Deep Web para descobrir uma rede de assassinatos.


Welcome to the Game 2 é um jogo de terror em primeira pessoa sobre hackers. O jogador encarna um repórter investigativo chamado Clint Edwards, que busca resgatar uma mulher chamada Amalea de um grupo de assassinos mascarados misteriosos. A única pista é um clipe de Amalea pedindo ajuda, então para rastreá-la é preciso mergulhar de cabeça na “deep web” – a parte da Internet que não se registra nos navegadores normais ou nos mecanismos de busca.

O objetivo principal é encontrar oito “hashes ocultos” embutidos na deep web e usá-los para determinar a localização de Amalea. O personagem trabalha em um modesto prédio de apartamentos na cidade usando um computador simulado completo com um navegador da Web, um bloco de notas e acesso a vários mercados abastecidos pelo ‘DOScoin’.

A maior parte do jogo se desenrola nas páginas da Web de verificação de computador simulado, código-fonte e bibliotecas de arquivos, que são surpreendentemente robustas. Alguns dos hacks são jogados como minijogos e quebra-cabeças baseados em reflexos, mas é basicamente boa e velha investigação: Verificar as páginas em busca de links ocultos, endereços IP de referência cruzada e, provavelmente, um monte de outras coisas que podem causar um desejo inexplicável de empurrar seus óculos para o nariz e/ou estalar os dedos.

Cubra seus rastros

Para se proteger, é necessário cobrir suas trilhas e ocultar seu histórico da Internet. Misteriosos homens mascarados podem te encontrar se cometer deslizes e se fizer conhecido. Às vezes, eles simplesmente te roubam para roubar seu DOScoin e desfazem algumas de suas pesquisas, mas outras vezes eles pagam uma visita ao apartamento com arma na mão. Para evitar surpresas desagradáveis, é possível ganhar o DOScoin superando outros hackers e usá-lo para comprar gadgets e software ocultos, bem como sensores de movimento para quando for pego em flagrante.

Não existe ataque em Welcome to the Game 2, então é necessário apagar as luzes e esperar que tenha escolhido um esconderijo convincente. Sim, não se esqueça de trancar as portas, vigiar as janelas e, às vezes, deixar a sala para se esconder em outro lugar do prédio – como a sala de força, local que ;e necessário visitar se os hackers mascarados mexerem nos fusíveis. Um dos pontos mais legais e interativos do jogo é que, com o microfone ligado é preciso manter o silêncio, pois mesmo o barulho do mundo real pode entregar sua localização para os assassinos.Claro que é possível desativar esse recurso, mas onde está a graça disso?

Welcome to the Game 2 é um jogo de horror de pouco mais de R$30, mas que valeria pagar até mais. O jogo tem 4 antagonistas principais que tentarão matar o personagem principal. A única esperança de sobreviver é ouvir os sons de aviso dos antagonistas (Passos, buzinas, suspiros, respirações, por exemplo) no jogo ou comprar ferramentas úteis para navegar pela Deep Web (como scanner da polícia e sensores de movimento). O jogo pode começar tedioso caso não se desenvolva logo no início, mas assim que perceber como sobreviver ao jogo inicial, ele se tornará uma corrida contra o tempo para ganhar “DOS Coins” e encontrar chaves enquanto evita a morte. Este jogo pode causar ansiedade e paranoia, portanto não jogue por muito tempo no mesmo dia.

 

Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
EMAIL

Comentários

comentários

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Free Play Days going on now until 12 August on Xbox One Xbox Live members without Gold ca