Menu

Batalhas entre naves espaciais, ficção cientifica e mercenários ditam as regras em Manticore – Galaxy on Fire


Fãs de boa ficção científica, naves com armas laser e seres de outro planeta: Manticore – Galaxy on Fire é um game obrigatório para a biblioteca de jogos do Nintendo Switch.

Manticore – Galaxy on Fire foi publicado pela Deep Silver Fishlabs – ramo da publisher que apoia games independentes. No jogo, encarna-se um jovem piloto que acaba de ser recrutado por um grupo de mercenários auto intitulados Manticore – sim, o nome do jogo vem daqui. Dividida em três grandes partes e com uma história bem escrita, a principal missão será investigar e punir os responsáveis pelo “The Shattering”, uma catástrofe sem precedentes ocasionadas por uma conspiração intergalática. Para isso, é necessário derrotar piratas, mercenários e diversos inimigos terríveis.

Apesar de trazer uma variedade considerável de missões, elas em sua grande maioria, consistem em proteger ou escoltar uma nave. Ao receber uma quest no hangar da Manticore, sua nave será levada para o local da missão onde seu objetivo será derrotar uma série de hordas inimigas até que chegue ao boss final. A partir do final do embate com o chefe, que pode demorar alguns bons minutos, é o momento de explorar o local e procurar aprimoramentos. A qualquer momento a partir daí é possível pular para a próxima quest, seja quando tudo for coletado ou quando cansar de explorar a região

.

Fácil de jogar e bonito de ver

O jogo contém um gameplay muito fácil e prático tornando sua experiência muito agradável. Com um sistema de mira fácil, inicialmente a maior preocupação serão apenas os comandos para  controlar a nave e mira. Os demais comandos vão sendo inseridos aos poucos e de forma bastante intuitiva, na medida em que conseguir upar o personagem e a nave. Com os novos equipamentos, chegam mais opções de armas principais e secundárias – de quantidade finita de disparos – como mísseis, por exemplo. A simplicidade dos comandos permite que o jogador consiga focar mais na história, sem se enrolar com os Joy-Cons.

No total, Manticore – Galaxy on Fire possui nove tipos de naves, com diferentes classificações de energia, casco, escudos e mísseis. Essa diversidade permite escolher a que melhor se adapta aquela missão ou ao estilo de jogo. As novas naves, armas e upgrades poderão ser desbloqueadas à medida em que são concluídas missões com sucesso. Outra forma de conseguir itens melhores é explorar a região após derrotar um chefe. Com a ajuda de um drone que muda de cor para alertar o quão perto se está dos itens, é possível conseguir melhorias com mais facilidade. O ponto contrário é que essa exploração pode se torna monótona para quem já está jogando a algum tempo, afinal consiste em buscar destroços de naves, voando de um lado para o outro, até que se encontre os itens.

Manticore – Galaxy on Fire roda em 60 fps tanto no modo portátil como no dock, e isso traz uma experiência visual fantástica. As qualidades dos gráficos surpreendem positivamente e o game conta com cenários lindos, e se pegar admirando a paisagem é uma constante. Para facilitar a vida dos gamers brasileiros, o game conta com com menus e legendas em português do Brasil. Para quem gosta de um bom shooter espacial é uma boa pedida para fazer para de sua biblioteca de jogos.

Curta o Gamepress nas redes sociais:
Facebook
EMAIL

Comentários

comentários

Curta no Facebook!

Canal Gamepress no YouTube!

Cyberpunk 2077 será em PRIMEIRA PESSOA mas não é FPS! ENTENDA! - News EXPRESS